segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Part of Books #11: Cores de Outono

Olá, hermanos! Hoje é segunda-feira, dia de Part of Books! Finalmente me decidi à atualizar todas as colunas do blog, e semanalmente todas serão postadas. Se vocês desejarem ver os outros posts desta mesma coluna, cliquem aqui.

As citações de hoje foram muito bem escolhidas do melhor livro nacional que li ano passado e sei que muitos de vocês também tem um imenso amor aos personagens desta obra. E, assim como eu sou um belo adorador do livro da querida da Keila Gon (e sei que serei dos próximos), o Felipe - do blog Open Books - também é!

"Suas qualidades inacreditáveis e seus defeitos irritantes. Sua beleza interna e externa. Vincent podia ser imperfeito, mas era sua imperfeição que me fascinava... Foi por ela que me apaixonei."


O relacionamento que a autora Keila Gon cria entre Melissa e Vincent - protagonistas da história - é forte e verdadeiro. Melissa é forte e logo apegamo-nos à sua figura materna como irmã de Alice, enquanto Vincent é quem trás mistério para a obra. Cores de Outono é uma leitura toda cheia de romance, magia e muita fantasia, uma história que trás personagens muito bem escritos e detalhados que nos passam a ideia de realidade. Mas qual seria a pessoa que não gostaria de uma realidade como esta?

Por Felipe, do blog Open Books:
Uma frase que simboliza o grande romance presente no livro. O amor entre Melissa e Vincent é tão bonito que nos faz refletir se realmente existe algum tipo de amor igual ao deles por aqui...


"Ás vezes... não há alternativas. O destino complica as coisas contra nossa vontade e precisamos encarar as mudanças. Isso está além de nosso controle."

Cores de Outono é um livro com direito à belas paisagens, lugares onde sonhamos um dia estar no meio do outono e até uma própria playlist. Embarcar neste mundo mágico da saga Cores é estar envolto na magia, na luta contra o bem e o mal - da Terra da Luz e a Terra das Sombras. Personagens dóceis estão em toda parte e a dor do amor também. A obra trás o mistério e o romance perfeitamente, uma estória linear que desperta muita curiosidade no desfecho e também desejo para a sequência.
O destino está claro e não será mudado, não há alternativas. Keila cria quotes tão perfeitos quanto a própria trama que ela mesma criou. Entrar no mundo de Cores deveria ser obrigação.

Por Felipe, do blog Open Books:
Essa frase é uma de minhas preferidas. Ela ilustra não só a evolução de Melissa e dos outros personagens do livro, mas também a nossa evolução perante a vida. Talvez esperamos por algo ou queremos que tal aconteça, mas daí tudo muda. E devemos aceitar e bater de frente com nossos confrontos (parece meio piegas, mas acho que é isso, rsrs).

Um comentário:

  1. Amei a coluna, muito bacana!
    E os trechos são fantásticos, quero inclusive ler o livro, melhor que ler resenhas hehe

    Abraços,
    http://www.revolucaonerd.com/

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.