segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Morte na Mesopotâmia por Agatha Christie

MORTE NA MESOPOTÂMIA
de Agatha Christie
272 páginas            Editora L&PM Pocket
__________________________________________________________________

Para a enfermeira Amy Leatheran, sua paciente era um caso muito estranho. Louise, casada com um famoso arqueólogo, sofria de angústia nervosa, segundo seu marido. Suas fantasias eram vívidas e macabras: uma mão decepada, um rosto cadavérico contra a vidraça... Mas de que ou de quem ela teria tanto medo? Perto do marido e de velhos colegas e amigos, ela estaria a salvo. Entretanto, a formalidade do grupo não parecia natural: pairava no ar uma tensão, um certo desassossego. Algo muito sinistro estava acontecendo. E tinha a ver com... assassinato.Mrs. Leidner é assassinada. Fora algo muito estranho pois ninguém vira pessoas circularem no pátio do local que dava acesso a cena do crime. Quem teria feito tal monstruosidade? Só uma pessoa poderia responder: Hercule Poirot.

O que seriam as férias sem uma leitura de Agatha Christie? Para aguçar o pensamento, para desvendarmos mistérios literários, para encontrarmos belos personagens - é por isso que os livros de Christie existem! E se você é fã do suspense e ainda não leu nada da autora, você deve mudar suas prioridades! Leia e encontre finais nada clichês, mas sim cheios de surpresas e emoção!

Morte na Mesopotâmia merece todo tipo de elogio. Na obra, a autora cria uma zona de suspeitas em poucos cenários, suspeitas que nos fazem trocar de ideias ao decorrer da leitura. A narrativa do livro fica por conta da querida enfermeira Amy Leatheran que nos trás toda sua visão do incidente em qual ela faz parte. Seu modo de nos mostrar os acontecimentos é totalmente próprio e ela não deixa de descrever suas opiniões em momento algum. Eu me vi rindo com suas palavras certas vezes, o que me fez ser apegado á personagem. Ela tem um ótimo dom de ouvir quando é necessário e sabe quando falar, chega a ser como uma parceira para o belga Hercule Poirot! 

O enredo gira todo em torno da expedição onde a Srta. Leatheran é convidada para participar. O seu objetivo ali era tomar conta de Louise Ledner, pois esta estava tendo certos surtos ultimamente. E é neste local onde vemos pessoas que desprezam a Sra. Ledner e pessoas que até a admiram, como seu marido. Mas uma morte não poderia tardar á ocorrer e Louise Ledner é terrivelmente assassinada. O que fazer? De quem suspeitar? "Oh, quem poderá nos salvar?" "Eu! Hercule Poirot!". Poirot entra em cena e sua investigação começa rapidamente, mas me pareceu que neste suas opiniões ficaram mais guardadas para si. Porém, como já é de costume, Hercule Poirot adora uma plateia para observá-lo triunfar, e o final que o detetive dá para o caso é espetacular.

Digo aqui que enquanto leio as estórias de Agatha Christie, trato os personagens igualmente, mas há obras em que acabo por me apegar á algumas pessoas. Neste, aconteceu. Simplesmente me vi como o Sr. Emmot, o que achei ótimo. Vocês também encontrarão durante a leitura pessoas que falam na cara, personagens bonitos, mas que escondem segredos. 

Se eu tive capacidade de desvendar a trama antes das últimas páginas? Não, o que é triste. Mas isso porque é tudo tão inacreditável e perfeitamente encaixável no final que ficamos de boca aberta! Leiam, surpreendam-se.

4 comentários:

  1. Oi Vini! Eu ainda não li Morte na Mesopotâmia, mas com certeza, vai para minha meta de 2014!

    Abraços.
    www.blogopenbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei que vai adorar, Lipe!
      Outra obra dela que impressiona bastante

      ;)

      Excluir
  2. Claro que teria Agatha Christie pertinho do Natal por aqui!! Ainda não li esse livro, mas tem um sebo (na verdade não é exatamente um sebo, mas um vendedor de livros, ele não gosta de ser chamado de sebo =P) que tem váááários livros da Agatha, vc ia simplesmente amar. Sempre lembro de vc quando passo por ele. Amei a resenha

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas que ótimoooo, Kel!
      Preciso de um endereço para que eu posso visitar, hahaha.
      Muito obrigado pelo carinho, parceira!

      Beijos!
      :)

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.