sábado, 8 de junho de 2013

O Natal de Poirot por Agatha Christie

O NATAL DE POIROT
de Agatha Christie
223 páginas            Editora Nova Fronteira
___________________________________________________

Véspera de Natal. A reunião da família Lee é arruinada pelo barulho ensurdecedor de móveis sendo destroçados, seguido de um grito agudo e sofrido. No andar de cima, o tirânico Simeon Lee está morto, numa poça de sangue, com a garganta degolada. Mas quando Hercule Poirot, que está no vilarejo para passar o Natal com um amigo, se oferece para ajudar, depara-se com uma atmosfera não de luto, mas de suspeitas mútuas. Parece que todos tinham suas próprias razões para detestar o velho...


Personagens marcantes e uma família cheia de rachaduras é o que O Natal de Poirot apresenta. Um homem velho decidi que é tempo de passar um Natal em família é o personagem mais exótico do livro e, certamente, quem causa mais alvoroço. A família Lee é dividida por irmãos e tios nada suportáveis e o grande motivo desta quebra é o velho Simeon Lee. E depois? O homicídio, é claro! Ruídos no andar de cima e o exótico inválido velhinho é encontrado com a garganta degolada.
Essa é a sinopse desse mais outro livro de minha querida (Lindaa) Agatha Christie. Acreditem ou não, demorei mais de um dia para notar que na capa havia, na realidade, uma árvore-de-natal. Motivo disso é por causa da grande curiosidade que me foi despertada pela contra capa do livro e dos agradecimentos da autora.

"Meu querido James, você sempre foi um de meus leitores mais fiéis e bondosos e, por isso, fiquei seriamente perturbada ao receber seu comentário crítico. Queixou-se de que meus assassinatos estariam ficando refinados demais - na verdade, anêmicos. Demonstrou, também, o desejo de 'um assassinato dos bons, violento e cheio de sangue'. Um assassinato em que não houvesse dúvida de ser assassinato! Pois esta é a história que escrevi especialmente para você. Espero que lhe agrade. Com todo o carinho, de sua cunhada, Agatha"

Uma novela diferente, diz Christie, cheia de tensão. Com toda a certeza! O assassino de O Natal de Poirot tem uma mente frívola e pensamentos teatrais, um rancor guardado pronto para ceder e fazer vítimas inocentes sofrerem em benefício próprio. Já estou acostumado aos livros da Rainha do Crime que costumam sempre ter o tema "quem é o assassino?", e me apaixono capa vez mais por suas obras. Nesta, a solução também é complicada, mas lá estava eu lendo, pela metade do livro, quando, de repente, a solução me vêm a cabeça com um baque! E lá estava a solução, adivinhada na minha mente. Tem prazer maior? Christie está de parabéns por conseguir trazer essas ações para seus leitores - tentar desvendas os casos, destrinchar a história e montá-la parte por parte. No fim, pensamento correto, solução certa, e o Vini aqui feliz da vida.


A família Lee, protagonista da história, é o centro de tudo. Uma família que hospeda um ar rancoroso e cheio de desavenças e até um pouco de ódio - Harry Lee e Alfred, irmãos que não se dão bem; David Lee e Simeon Lee, filho e pai com um passado desaventurado. E o mais curioso de todos esses personagens é o orgulhoso Simeon que parece não se importar com uma briga de parentes. Ah, não há como se esquecer da presença do sempre ilustre Hercule Poirot que (habitualmente) resolve o caso dignamente.
Sem perceber, acabei por me apegar aos personagens deste livro, me apeguei por Stephen, Lydia, David, Hilda... É, mais alguns que deixam saudade.

"Quem jamais poderia imaginar que aquele velho guardasse tanto sangue dentro de si?"

6 comentários:

  1. Olá!
    Que legal!
    Nunca li nenhum livro dela, mas quero muito.
    Minha avó já leu TODOS!

    André Luiz
    www.viajandonoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Andre,
      Agatha Christie é minha autora favorita e sempre indico á todos os que gostam de uma ótima leitura. Pergunte para sua avó, ela deve gostar também ;)

      Abraço!

      Excluir
  2. um livro excelente, um dos melhores que li de Agatha... <3
    mas eu fiquei surpresa com a identidade do assassino xD
    eu nunca descubro antes do desfecho kkkkkkkkkk
    amei sua resenha...

    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Totalmente maravilhoso.
      A Rainha do Crime nunca facilita nos seus livros, não é?
      O melhor de tudo é o desafio =D7

      Excluir
  3. Mais um livro da Rainha do Crime que entra pra minha lista de leitura...

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :I :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Pode comentar a vontade! Diga se gostou da postagem,
se ela te trouxe alguma inspiração ou coisa parecida!
Sempre irei responder os seus comentários!
O Um Jovem Leitor agradece.
Abraço a todos!
Vini.